Dúvidas sobre saque imediato do FGTS

Crédito: FGTS/Caixa

Com a publicação da Medida Provisória (MP) 998/2019, o Governo Federal liberou saques de até R$ 500,00 (quinhentos reais) por conta de FGTS para cada trabalhador.

A mesma Medida Provisória também criou novo motivo de saque do FGTS, chamada de Saque Aniversário.

Imediatamente começaram a surgir diversas dúvidas sobre como funcionaria na prática a modalidade de Saque Imediato.

Devido ao grande volume de informações e a divulgação de mensagens falsas, muitos trabalhadores estão confusos sobre a modalidade Saque Imediato, chegando até a confundir o Saque Imediato com o Saque Aniversário.

A fim de evitar maiores confusões, neste artigo vou tratar apenas do Saque Imediato, ficando o Saque Aniversário para um outro artigo.

Para ajudar a responder algumas dessas dúvidas, abaixo segue uma lista de perguntas e respostas que recolhi de diversos trabalhadores.


Que dinheiro é esse “que o governo está dando”?

O governo não está dando dinheiro algum.

Através da MP 998/2019 o Governo Federal criou temporariamente uma nova modalidade de saque de parte do saldo do FGTS que está depositado em suas contas vinculados.
Com isso será possível sacar ATÉ R$ 500,00 (quinhentos reais) POR CONTA VINCULADA.
Se o saldo da conta vinculada for maior que R$ 500,00, o saque dessa conta está limitado a este valor.
Caso o saldo seja menor que R$ 500,00, todo o valor da conta será liberado.

ATENÇÃO: o valor de R$ 500,00 é por CADA CONTA.

Exemplo: Se o trabalhador tiver saldo em 5 contas diferentes ele poderá sacar até R$ 500,00 em cada uma delas.

Como sei se tenho direito e quanto vou receber no Saque Imediato?

R: Para saber se tem direito e qual o valor disponível basta acessar a página especial que a Caixa criou para essa consulta através do link http://fgts.caixa.gov.br. Lá você deve fazer um breve cadastro e terá acesso a consultar o valor disponível e a data de liberação. A Caixa também disponibilizou consultas através do app FGTS e do telefone 0800-724-2019.

CUIDADO COM GOLPES: não é possível fazer a consulta do FGTS através do WhatsApp ou outros aplicativos que não sejam os oficiais disponibilizados pela Caixa, por isso não clique em links recebidos em aplicativos de mensagens. Não forneça seus dados pessoais a ninguém a menos que você tenha entrado em contato com a Caixa através dos canais oficiais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *